A Cirurgia estética mais realizada nas mamas é a mamoplastia de aumento com implantes de silicone.

O silicone fornece volume, forma e consistência aos seios, além de ser uma cirurgia relativamente fácil e segura, o que explica sua grande procura pelas mulheres.

A colocação de implantes de silicone pode ser a solução ideal nos seguintes casos:

  • Seios pequenos
  • Corrigir diferença de tamanho entre os seios
  • Mulheres pós-amamentação em que os seios perderam volume e consistência (atrofia)
  • Flacidez das mamas em mulheres que perderam peso.

Deve ficar claro que mulheres com mamas ptosadas (caídas) ou com grande excesso de pele a simples colocação do silicone não será suficiente para atingir os melhores resultados estéticos.

Nesses casos será preciso associar técnicas para reposicionar os mamilos e tirar a sobra de pele.

Consulta

É importante que a mulher tente definir quais são os seus desejos, expectativas, o que acha bonito, o que quer evitar.

De certa forma, a visão que as mulheres projetam de seus seios é um reflexo de sua personalidade, suas vivências e fase de vida.

Há mulheres que preferem seios mais naturais, pouco marcados pelo silicone e que valorizem a discrição.

Nesses casos, em geral se opta por próteses menos projetadas, algumas vezes com formato anatômico.

Outras mulheres preferem mamas bem redondas, bastante marcadas pelo silicone e que valorizem o colo.

Para tanto, as próteses recomendadas são as redondas, perfil alto ou extra-alto e com volumes um pouco maiores.

A consulta também visa o esclarecimento de dúvidas, cuidados, detalhes da cirurgia, tipos de próteses.

A escolha do implante de silicone

O tamanho e o formato do silicone variam de acordo com o resultado esperado pela paciente e conforme as características anatômicas de cada mulher.

Alguns critérios importantes são o tipo e a quantidade relativa de pele, a posição das aréolas e mamilos, tamanho atual das mamas e suas características, largura do tórax e seu formato, a presença ou não de malformações torácicas.

Na grande maioria dos casos o volume de silicone utilizado varia entre 200ml e 400ml.

O formato dos implantes pode ser redondo ou anatômico (gota).

A projeção (perfil) de uma prótese pode ser baixa, moderada, alta ou extra-alta.

Cirurgia

A cirurgia é realizada em centro cirúrgico e sob anestesia geral, o que proporciona mais conforto e segurança. Dura cerca de 1 hora ou pouco mais.

A incisão pode ser realizada no sulco inframamário, aréola ou axila.

O plano de inclusão do silicone pode ser atrás da mama ou atrás do músculo, escolhido conforme a anatomia.

Os chamados planos subfascial e dual plane são variações desses mesmos posicionamentos subglandular e submuscular.

Recuperação

A recuperação, em geral, é tranquila, as dores são discretas e respondem aos analgésicos mais leves.

As primeiras 24 a 72 horas após o procedimento são o período de maior desconforto.

Passado este primeiro momento, o edema vai regredindo e o incômodo diminui.

Com sete dias é possível o retorno às atividades do cotidiano, desde que sejam evitados os esforços físicos.

Não se deve dirigir nas primeiras quatro semanas.

Para avaliar o resultado estético da cirurgia se deve aguardar um período de três meses de pós-operatório.

POR André Marini

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *